Lista de Benefícios Roubados:


1. Benefício de 2 filhos menores, que acompanharam o anistiado no exílio, 7 anos, 9 meses e 15 dias. (tempo do exílio reconhecido pelo Relator da primeira fase do Processo)

No Requerimento foram anexados meia dúzia de recortes de jornais do Rio de Janeiro com fotos dos garotos desaparecidos.







 


Poderá causar estranheza a mãe dos menores não ter sido levada junto no exílio, pois ela mesma era Informante do DOPS com nome em Folha de Pagamentos.

      

Alladyr Ramos Braga - Delegado de Polícia do DOPS --- Matrícula 700.634

 
 





O dano à formação profissional do menores, foi evidente, pois tinham que mudar de cidade constantemente para não serem localizados pelo DOPS.
Dennis Meier aos 40 anos se formou e Fisioterapia, Fredy Wilson Meier se formou em Bacharel em Direito aos 35 anos na Faculdade Metodista de Piracicaba.

O Requerimento em 12 de janeiro de 2011, com carimbo e código de barras, nunca foi contestado em 4 anos, e só foi contestado na hora do pagamento do benefício em 2014.


iNVENTARAM SÓ NA HORA DO PAGAMENTO DO BENEFÍCIO, UM PRETEXTO PARA LEVAR OUTROS TANTOS ANOS !!!


Veja o paradoxo das tais "Normas Procedimentais":
- Se o Anistiado estiver vivo, o Requerimento deverá ser Individual.
- Se o Anistiado tiver falecido, os dependentes devem assinar em conjunto.

A Lei diz que o Anistiado estando vivo, pode Requerer pelos sucessores.

As "Normas Procedimentais" alegadas como impedimento do benefício,
 não podem contraria a Lei 10.559/2002  onde diz:


LEI 10.559/2002
CAPÍTULO II    DA DECLARAÇÃO DA CONDIÇÃO DE ANISTIADO POLÍTICO CAPÍTULO    
 

§ 2º Fica assegurado o direito de requerer a correspondente declaração aos sucessores ou dependentes daquele que seria beneficiário da condição de anistiado político
 










2. Prestações Mensais atrazadas desde 12 de janeiro de 2011 (mais de 7 anos)







3. Salários desde que o DOPS fechou a Trans-Ennis em 11 de maio de 1972 até pelo menos a Lei de Anistia em LEI No 6.683, DE 28 DE AGOSTO DE 1979. (7 anos)

 

DO REGIME DO ANISTIADO POLÍTICO

Art. 1o  O Regime do Anistiado Político compreende os seguintes direitos:


III - contagem, para todos os efeitos, do tempo em que o anistiado político esteve compelido ao afastamento de suas atividades profissionais, em virtude de punição ou de fundada ameaça de punição, por motivo exclusivamente político, vedada a exigência de recolhimento de quaisquer contribuições previdenciárias;

 



Continue vendo as provas sobre a firma que foi fechada pelo DOPS:

http://www.anistiapolitica.com/DOPSENCERRA.htm

O salário do Anistiado deverá ser baseado em Pesquisa de Mercado:

http://www.anistiapolitica.com/mercado.htm



Lei 10.559/2002

Da Reparação Econômica em Prestação Única.

Seção II

Da Reparação Econômica em Prestação Mensal, Permanente e Continuada

§ 1o  O valor da prestação mensal, permanente e continuada, será estabelecido conforme os elementos de prova oferecidos pelo requerente, informações de órgãos oficiais, bem como de fundações, empresas públicas ou privadas, ou empresas mistas sob controle estatal, ordens, sindicatos ou conselhos profissionais a que o anistiado político estava vinculado ao sofrer a punição, podendo ser arbitrado até mesmo com base em pesquisa de mercado.